O que é Treinamento Funcional?

Hoje em dia, cada vez mais pessoas buscam as academias com o objetivo de ter mais qualidade de vida. E uma das opções mais procuradas do mundo fitness na atualidade é o treinamento funcional.

O que justifica tal popularidade desse tipo de treino é a possibilidade de exercitar todo o corpo, de maneira a tornar a rotina de exercícios mais completa.

Para entender como isso é possível, apresentamos uma explicação mais detalhada acerca desse treino. Mostramos como ele funciona na prática e quais os seus benefícios. Confira!

NO QUE CONSISTE O TREINAMENTO FUNCIONAL?

Em linhas gerais, podemos defini-lo como um treino desenvolvido para melhorar o desempenho muscular relacionado a situações cotidianas. Daí o termo “funcional”.

Contudo, esse treino também pode ser realizado para melhorar o aspecto funcional de atletas, com o intuito de aumentar a performance.

Em outras palavras, a aplicação do treino funcional pode ser adaptada a vários tipos de necessidades e demandas.

Trata-se de uma concepção surgida no início do século XX. Desde seu surgimento, esse tipo de método utiliza exercícios que trabalham várias articulações e músculos ao mesmo tempo.

Além de ser utilizado para recuperar pessoas que sofreram acidentes e traumas, esse treino também pode ser utilizado por pessoas saudáveis.

Nas academias, ele tornou-se popular devido a sua abrangência, na medida em que permite ao praticante sair de movimentos mecânicos e repetitivos.

Os exercícios funcionais passaram então a ser aliados a outras rotinas, como a musculação. Isso porque ela pode complementar essas práticas, tornando o treino mais completo.

A aplicação dos exercícios é pensada na forma de circuitos, que mudam a cada aula. Esses circuitos permitem ao praticante se concentrar nos movimentos realizados.

Essa concentração nos exercícios funcionais promove uma maior consciência do corpo.

Mas como se pode fazê-lo? Nesse treino pode ser utilizado o sobrepeso do próprio corpo, em conjunto com equipamentos como elásticos, discos, hastes, bolas e cones.

E essa é outra diferença que há entre a musculação e os exercícios funcionais. Ao contrário daqueles, nestes não se utilizam máquinas para criar o sobrepeso necessário ao exercício.

 

COMO O TREINO FUNCIONAL É APLICADO? QUAIS SEUS BENEFÍCIOS?

Para que se possa começar a prática de exercícios funcionais é necessário iniciar de maneira gradativa. E isso vale também para quem já é praticante de musculação ou outra modalidade de treino.

Depois dessa fase de adaptação, pode-se passar à fase de treino do Core. Nesse ponto, o praticante tem a oportunidade de trabalhar diversas partes do corpo, de seu centro para suas extremidades.

Essa passagem gradual possibilita também uma maior autoconsciência do corpo.

A seguir, pode-se introduzir exercícios funcionais em bases instáveis, os quais têm como objetivo principal promover maior equilíbrio ao corpo em situações instáveis.

Essa prática promove ainda um aperfeiçoamento significativo da coordenação dos movimentos em qualquer pessoa, independentemente da idade.

No que concerne aos benefícios dessa prática, podemos mencionar a melhoria de postura e o fortalecimento do core.

Além do que, devido a seus movimentos variados, ele promove maior consciência do corpo. Essa multiplicidade de exercícios permite ainda que se fortaleça a musculatura do corpo como um todo.

Há ainda os benefícios trazidos para a saúde do coração. O treinamento funcional promove uma melhoria do condicionamento cardiorrespiratório.

 

EXERCÍCIOS FUNCIONAIS PARA TER MAIS QUALIDADE DE VIDA

Podemos concluir que esses exercícios podem ajudar muito no combate a dores que afetam o corpo no dia-a-dia. Isso porque ele fortalece a musculatura e trabalha grande parte das articulações.

Pelos motivos que indicamos, recomendamos de maneira expressa o treinamento funcional para que se possa ter mais qualidade de vida.

E você, já conhecia essa modalidade de treino? Tem interesse em inseri-lo em sua rotina? Comente!

Avatar

resultadosfitness

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo